Saiba como é possível fazer um curso técnico de graça

O ensino superior não é a única saída para construir uma carreira e os cursos técnicos são uma ótima opção para quem deseja se profissionalizar e ingressar no mercado de trabalho de forma mais rápida.

Além do tempo de extensão dos cursos técnicos serem menores do que o de uma graduação, também oferece outros benefícios, como por exemplo o conhecimento mais prático sobre determinada área.

Quais vantagens de um curso técnico?

Se o aluno que ainda faz o ensino médio decidir fazer paralelamente um curso técnico pode garantir uma formação ampla e direcionada para o mercado de trabalho, tendo mais chances de conseguir se colocar rapidamente no mercado de trabalho.

Os cursos técnicos, também são conhecidos como cursos profissionalizantes e oferecem o conhecimento essencial para a formação na área desejada e levam menos tempo até a conclusão.

Apesar de normalmente o ensino técnico e tecnológico ser mais em conta em relação a uma graduação, muitas pessoas não conseguem bancar as despesas das mensalidades que são cobradas.

Mas será que é possível fazer um curso técnico de graça?

Existem no mercado alguns programas de iniciativa privada que disponibilizam bolsas de estudos e descontos em instituições de ensino em todo o País, como é o caso do Educa Mais Brasil Cursos Técnicos. Mas não existe somente programas de iniciativa privada.

O Governo Federal, em parceria com o Ministério da Educação, criou o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), onde é ofertado cursos de educação profissional e tecnológica gratuitos para estudantes e também aos trabalhadores brasileiros.

Os cursos oferecidos no Pronatec são gratuitos e o estudante não precisa pagar taxa de inscrição, matrícula ou mensalidade. Todos os cursos são reconhecidos pelo MEC e o certificado de conclusão é válido em todo Brasil.

Apesar de qualquer pessoa poder se inscrever no Pronatec, candidatos que possuem baixa renda, alunos que estudaram em escolas públicas, desempregados, ou pessoas beneficiadas por programas como o Bolsa Família têm prioridade em alguns cursos.

No entanto, os candidatos ao Pronatec precisam se enquadrar nos requisitos do Programa, que possui três tipos de curso que dependem da escolaridade e da renda do candidato. Esses cursos são Subsequentes, Concomitantes e cursos de Formação Inicial Continuada (FIC).

Os cursos Subsequentes são oferecidos para quem já possui o Ensino Médio completo. Os cursos Concomitantes são disponibilizados para quem ainda está fazendo o ensino médio, ou seja, permite que o estudante faça os dois em paralelo.

Já os cursos de Formação Inicial Continuada (FIC), têm normalmente de 2 a 3 meses de duração e são ofertados para candidatos que possuem benefícios de programas federais, como o Bolsa Família e o Seguro Desemprego.

Os cursos são oferecidos em todas as Escolas Técnicas Federais e Estaduais e em unidades de ensino do Sistema S (SENAI, SENAC, SENAR e SENAT).

Para garantir uma vaga no Pronatec você pode realizar inscrição diretamente nas instituições de ensino participantes onde é preciso ficar ligado nas vagas elas abrem durante todo ano ou se se inscrever pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

10 Passos para não cair na malha fina da Receita Federal

O Imposto de Renda (IR) é uma das maiores formas de arrecadação do Governo Federal para ações sociais e obras. Anual, o formulário deve ser preenchido por pessoas físicas e jurídicas todos os anos. Ao contribuinte é preciso tratar a ação com um enorme cuidado para evitar cair na malha fina.

10 Passos para não cair na malha fina do IR

A conhecida como ‘malha fina’ da Receita Federal é uma avaliação mais criteriosa da declaração do IR. O processo é eletrônico e o envio é rápido. Seu formulário chega ao computador da receita e o cruzamento de dados acontece.

Quando há divergência entre o que você declarou e outro empresa sobre o mesmo gasto, cairá na malha fina. O que fazer para isso não acontecer? Apenas seguir 10 passos simples ajudam, como:

1 – Observe a precisão dos valores

Não arredonde nenhum dado. Todos os valores devem ser conforme os gastos, com seus devidos centavos. Imagine você declarando R$ 310 de plano de saúde mensal e o plano recebendo seus gastos de R$ 308,90. Haverá incompatibilidade de dados.

2 – Declare apenas despesas que podem ser comprovadas

Em outras palavras: se não há nota fiscal não tem comprovação, então não vale como gastos no ano anterior.

3 – Escreva corretamente o nome das empresas

Não é uma pessoa lendo do outro lado formulário por formulário, mas um computador. Ele procura pelo nome jurídico, CNPJ e nome fantasia. Preencher tais dados de forma incorreta deixa o formulário do IR inconsistente e cai na malha fina.

4 – Informe todas as fontes de rendimento

Se há uma fonte pagadora, mesmo com valor pequeno, deve estar no IR. Também entram notas de serviços avulsas, pró-labore, salários e aluguéis de imóveis de todos os tipos. Para melhor ajuda sobre isso, consulte a tabela com alíquotas.

5 – Informe os rendimentos dos dependentes

E não apenas os gastos. É um dos erros mais comuns, mas eles entram na conta também.

6 – Uma pessoa deve ser dependente apenas de um contribuinte

O dependente não pode estar em dois impostos de renda. Filhos de pais separados, por exemplo, devem ficar com um dos pais (normalmente o de mais gastos). O mesmo vale para qualquer tipo de dependente da renda do contribuinte.

7 – Despesas médicas apenas se tiverem recibos

Remédios controlados e gastos com médicos apenas se tiverem recibo de pagamento. A clínica ou laboratório também deve declarar o ganho de igual forma para o devido cruzamento de dados. Caso apenas quem pagou declare será considerado burlar o imposto.

8 – Gastos fora da lista de deduções não precisam ser declarados

Não são necessários cursos de idiomas, tratamentos estéticos e quaisquer gastos médicos com pessoas que não são seus dependentes.

9 – Aplicações financeiras entram na lista

Os bancos também declaram IR e informam todos os seus contribuintes e investidores. Suas aplicações estão na lista da Receita pelo banco e precisam estar por sua própria declaração também.

10 – Todos os bens devem ser declarados.

Doados ou ganhos em premiações, qualquer tipo de bem deve ser declarado com o valor do documento. Não é preciso atualizar o valor se não estiver no documento de propriedade da casa, por exemplo.

O que acontece se cair na malha fina?

Não é preciso temer cair na malha fina também. Caso aconteça haverá uma suspensão da declaração de Imposto de Renda daquele ano e um pedido de comprovação de documentação indo a sede da Receita Federal de sua cidade e reenviando o formulário. Há um prazo para isso. A restituição atrasará um pouco naquele ano, mas vai acontecer.

6 serviços que podem ser feitos nas Casas Lotéricas

As Casas Lotéricas estão espalhadas por todos os estados e facilitam bastante a vida de quem precisa se utilizar de seus serviços. Mas ainda há muitas pessoas que não sabem de todo o potencial da instituição. Continue lendo e descubra 6 serviços que podem ser feitos nas Casas Lotéricas.

Há diversos serviços que podem ser tratados diretamente no caixa com um funcionário de qualquer Casa Lotérica. Você sabe quais são eles? Leia abaixo para se informar:

Pagamentos

Você sabia que quase todos os boletos e faturas podem ser pagos através de uma lotérica? Se tiver um limite de até R$2,000,00 reais, contas de cartão de crédito de qualquer unidade bancária podem ser quitada em uma agência. Contas de luz, água e energia também são pagas da mesma forma, assim como contas imobiliárias e boletos bancários de até R$700,00 reais.

Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa do governo que também pode ser acessado em um caixa da fundação. Para realizar o saque basta ter em mãos o seu cartão do programa e o seu documento de identificação.

Por meio das casas lotéricas é possível ter diversas informações a respeito desse benefício, inclusive consultar o calendário Bolsa Família 2020, para saber qual a data de liberação do mesmo.

PIS

O saque do PIS, Programa de Integração Social, também é feito pela Lotérica. O PIS é direito dos funcionários de inciativa privada. O saque desse valor também pode ser feito nos caixas eletrônicos da Caixa.

Ainda não sabe todas as informações sobre seu PIS desse ano? Acesse o calendário do PIS 2019 e fique por dentro!

INSS

O benefício do INSS também é um serviço que você pode conferir em uma Casa Lotérica de sua região. Mas atenção: boletos e cobranças dos serviços de INSS são feitos pela agência se os valores forem de até R$2,000,00 reais.

Saque

Você pode sacar dinheiro diretamente dos caixas de qualquer Casa Lotérica, sendo sua conta corrente ou poupança. O serviço serve também para contas do Banco do Brasil. O limite do valor diário, mediante apresentação do cartão da conta, é de até R$1,500,00 reais.

FGTS

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, FGTS, é um direito do trabalhador. O valor do FGTS é depositado mensalmente na conta do funcionário pelo empregador. Você pode sacar o valor do FGTS em uma agência lotérica se ele corresponder a até R$3,000,00 reais. Se exceder essa quantia, é necessário fazer o saque em uma Caixa Econômica Federal.

Você pode realizar diversos serviços da Caixa como abrir contas, fazer depósitos e até recarregar celulares. Agora que você sabe as facilidades que encontrará nas Lotéricas, se informe sobre a fundação mais próxima a você. Hoje a disponibilidade das instituições Lotéricas vai muito além de simples bilhetes de loteria.

Conseguiu uma boa nota no ENEM? Saiba como usá-la

O ENEM, Exame Nacional do Ensino Médio, é uma prova de iniciativa do Ministério da Educação que permite, através da avaliação da sua nota, que você ingresse em uma instituição de ensino superior. Muitas das pessoas que realizam o exame não sabem de todas as possibilidades de aplicação da pontuação do ENEM. Se você alcançou uma boa nota, saiba o que fazer com a mesma a seguir.

O período de pré-ENEM não é fácil. Após dois domingos seguintes de 180 questões objetivas, você vai aguardar algum tempo para que seu exame seja corrigido. Mas não precisa esperar a divulgação dos resultados para começar a pensar no que fazer com a sua pontuação e no seu futuro.

SISU

O Sistema de Seleção Unificada (SISU) é um processo seletivo pelo qual são distribuídas vagas em diversas instituições públicas. Depois de ter realizado a prova do ENEM e as inscrições do SISU estarem abertas, você pode se inscrever no site.

Forneça seus dados pessoais para ser redirecionado a tela onde você escolherá a universidade pública e o curso desejado. Atenção: nesta etapa você deverá escolher duas opções de curso, lembrando sempre que o sistema dará prioridade à primeira opção.

PROUNI

Similar ao SISU, o PROUNI (Programa Universidade para Todos) foi criado pelo governo federal no intuito de oferecer bolsas para ingressar em universidades particulares. Essas bolsas podem ser integrais (100%) ou parciais (50%).

Você irá se inscrever na plataforma do PROUNI utilizando o seu número de inscrição do ENEM, após a divulgação dos resultados. A inscrição é gratuita e assim como o sistema de ingresso no ensino público, no site você também deverá selecionar duas opções de curso.

Descontos

Em alguns casos, universidades privadas oferecem desconto nas mensalidades do curso mediante apresentação de uma boa nota no Exame Nacional de Ensino Médio. Então, assim que receber sua pontuação, acesse o site das suas faculdades de interesse e cheque se elas estão ofertando desconto para altas pontuações.

Se, por qualquer razão, você não tenha conseguido concluir o seu ensino fundamental ou médio na idade sugerida, saiba que você pode conquistar um certificado de conclusão através do Encceja 2020. A inscrição é totalmente gratuita. Basta ter um bom desempenho nas 4 etapas do exame, tendo 30 questões cada etapa, e você poderá estar apto para o mercado de trabalho e oportunidades futuras.

Como é possível observar, existem diversas possibilidades gratuitas para quem deseja investir na sua formação profissional. É válido ressaltar que as vagas dos programas em questão abrem de tempos em tempos, desta forma, você deve ater atenção às datas limites de inscrição de cada uma delas.

Mais de 28 mil inscrições para ter carteira de graça no ES

Quem tiver interesse já pode se inscrever para tirar a sua CNH Social ES 2020 gratuitamente. Quem possui a Carteira Nacional de Habilitação tem muito mais chances de conseguir uma vaga no mercado de trabalho. Continue acompanhando e tire a sua CNH Social ES de forma gratuita.

Este projeto leva o nome de Projeto Social de Formação, Qualificação e Habilitação profissional de condutores de veículos automotores. A sua principal função é oferecer a CNH de forma gratuita à população de baixa renda e também a possibilidade de adição ou mudança de categoria para quem já possui habilitação.

Quem tem a habilitação para dirigir, segundo pesquisas importantes de mercado, consegue entrar mais rapidamente no mercado de trabalho. Se você mora no Espírito Santo, não perca essa ótima oportunidade de tirar a sua CNH.

Carteira de graça no ES

Quem pode tirar?

O Governo do Espírito Santo e o DETRAN são os órgãos responsáveis por este projeto de obtenção ou atualização de CNH, mas para participar é necessário preencher alguns requisitos.

Conheça os requisitos e os serviços oferecidos:

Primeira Habilitação

  • Possuir 18 anos obrigatoriamente;
  • Saber ler e escrever;
  • Possuir RG e CPF;
  • Apresentar comprovante de renda e residência do Espírito Santo.

Adição de Categoria

  • Já possuir a CNH nas categorias A ou B;
  • Saber ler e escrever;
  • Possuir RG e CPF;
  • Não possuir CNH nas categorias C, D ou E;
  • Possuir prontuário de habilitação no Espírito Santo.

Renovação de Habilitação

  • Já possuir a CNH nas categorias A, B ou AB;
  • Possuir RG e CPF;
  • Ter a CNH vencida com prazo máximo de 180 dias;
  • Não ser permissionário;
  • Possuir prontuário de habilitação no Espírito Santo.

Inscrições para habilitação gratuita no CNH Social ES

As inscrições para participar do projeto CNH Social são realizadas pela internet, mas elas ainda não estão disponíveis. O procedimento é bem simples e você pode acompanhar quais são os passos a seguir:

  • Acesse o site do Detran → Clicando aqui.
  • Clique no botão “Faça a sua inscrição”.
  • Preencha corretamente todas as informações que forem solicitadas.

Resultados

Para saber se você foi um dos selecionados para tirar a sua CNH Social ES 2020, basta acessar esse site.

Na tela principal, clique na opção “resultados”, selecione qual você participou e confira se você foi um dos pré-selecionados.

Comprovação de dados para participar

Depois de fazer a sua inscrição, é necessário comprovar todas as informações fornecidas. O DETRAN não se responsabiliza por nada que seja fornecido de forma ilegal.

Portanto, fique atento em todas as informações que você preenche para não ter nenhum problema no futuro quando for emitir a sua CNH Social.

Outra informação muito importante que você deve se lembrar é de que todo o procedimento para tirar a sua CNH é totalmente gratuito, você não paga nada por isso, então, cuidado para não cair em golpes.

Contato DETRAN ES

Endereço: Av. Fernando Ferrari, 1080, Edifício América Centro Empresarial, Torre Sul, Mata da Praia, Vitória – Vitória – ES

Saiba tudo sobre o Vestibular de Inverno da UNB-Brasília

A Universidade de Brasília (UnB) lançou edital de inscrições para o Vestibular 2020 de inverno. Serão oferecidas 4.219 vagas em 91 cursos de graduação, distribuídas nos campi: Darcy Ribeiro (Plano Piloto), Ceilãndia, Gama e Planaltina. As inscrições deverão ser feitas exclusivamente no site da organizadora (http://www.cespe.unb.br/vestibular/vestunb_13_2), entre os dias 11 e 25 de abril.

A taxa de inscrição é de R$ 85,00 para treineiros e R$110,00 para candidatos. Os estudantes que estão no último ano do ensino médio ou no terceiro semestre do terceiro segmento da Educação de Jovens e Adultos, nas escolas da rede pública do Distrito Federal, podem pedir isenção da taxa de inscrição até o dia 25 de abril, pelo site.

O vestibular da Unb é realizado por meio de 3 sistemas de vagas: o Sistema Universal, o Sistema de Cotas para Negros e o Sistema de Cotas para Escolas Públicas.

A seleção é dividida em 3 etapas, que serão realizadas nos dias 1º e 2 de junho: no primeiro dia, serão aplicadas a prova objetiva – composta de testes de conhecimentos de língua estrangeira e portuguesa, literaturas de língua portuguesa, geografia, história, artes, filosofia e sociologia – além de redação. No segundo dia, serão testados os conhecimentos dos estudantes sobre biologia, física, química e matemática.

As provas serão aplicadas nas cidades de: Brazlândia (DF), Ceilândia (DF), Gama (DF), Planaltina (DF), Sobradinho (DF), Taguatinga (DF), Formosa (GO), Goiânia (GO), Valparaíso (GO) e Uberlânia (MG).

10 dicas para se tornar um empresário de sucesso

O que define sucesso no campo profissional? Como medir se o sucesso está presente em sua carreira, ainda longe ou prestes a chegar? Para quem tem o sonho de ter o seu próprio negócio, o significado de sucesso depende de uma combinação assertiva de fatores e, particularmente, para o profissional que decide empreender desde cedo, a experiência torna-se uma aliada diferenciadora.

Para o headhunter e coaching Márcio Lopes, quatro habilidades vão nortear a vida do profissional que escolhe empreender. “É importante que o jovem que se inicia no mercado de trabalho, seja através de empregos formais, informais ou até mesmo empreendendo, tenha: paciência, coragem, humildade, foco e fome”, reflete. Identificar as principais características de um profissional bem-sucedido pode balizar o seu futuro na área de atuação escolhida. Confira a seguir:

1) Quem é você no mundo dos negócios?
Passada a fase de escolher ter seu próprio negócio, identificar suas habilidades é o start para saber em qual ou quais áreas você terá melhor desempenho. Traçar o seu próprio perfil profissional dentro do empreendedorismo vai permitir que você “bata menos cabeça” e perca menos tempo com demandas em que não tem habilidade e/ou interesse.

Lopes atenta que arriscar-se é fundamental. “Eu diria que antes de abrir alguma coisa formal, faça um teste, tente ser um vendedor autônomo, ou ter alguma atividade que dependa única e exclusivamente de você. (…) E o mais importante de um negócio é a sua capacidade de vender”, afirma. Após identificar suas competências, mantenha-se atualizado: estudar e fazer cursos na área vão dar consistência e fôlego nas suas decisões.

2) Por que começar cedo?
Começar a lidar com as demandas do mundo empreendedor o quanto antes é importante por algumas razões. Além de lhe oferecer uma diversidade de experiências ainda jovem, permite também alterar ou acelerar o rumo da sua atividade profissional. Testar muitas possibilidades por um longo período vai lhe dar uma noção ampliada da realidade do seu negócio, desde incrementos, mudanças e até o próprio cenário da concorrência. Tornar-se empresário cedo é também uma excelente chance de deixar o seu negócio maduro e lucrativo com relativo tempo de existência. Aqui, a capacidade de antever situações, típicas de um bom empreendedor, pode ser bem trabalhada e aguçada, pois o tempo corre a seu favor.

3) Compartilhe a sua ideia (sem medo)
A principio, a sugestão de compartilhar sua “grande ideia” de negócio, parece descabida. No entanto, a inexperiência e pouca maturidade de quem está começando precisam ser testadas pela realidade do mercado profissional pretendido. Dividir a sua ideia de projeto com outros (bem escolhidos) profissionais experientes, pode abreviar o tempo de busca e/ou otimização de alguns serviços primários do seu negócio. Por isso, saber com quem dividir a ideia pode lhe render bons frutos, além de uma economia valiosa, já que você evitará gastar seu tempo e investimentos em etapas pífias.

4) Doses certas de paciência e persistência
Começar qualquer atividade profissional demanda doses inteligentes de persistência e paciência até que as “engrenagens se encaixem” ou ainda até que você identifique o melhor momento de fazer mudanças. Mas, para quem está começando, como saber balancear? Para o heandhunter Márcio Lopes, ouvir profissionais que já estão no mercado pode funcionar como uma alternativa viável. “É preciso entender que os resultados não vão vir no outro dia. Ao abrir um negócio próprio, e ainda mais sendo jovem e com pouca experiência de vida e profissional, as chances de erros são maiores. Por isso é importante não desistir no primeiro fracasso. Mas, também não adianta ser teimoso e persistir no erro. Ter uma experiência com algum profissional ou
empresa já existente no mercado pode ajudar a tomar decisões.”, afirma.

5) Analise a situação econômica
Pesquisar e acompanhar a situação econômica do país antes de começar a investir no negócio é uma dica valiosa. Antes de levar a ideia adiante, é fundamental fazer uma análise minuciosa da aderência do serviço ou produto imaginado. Por isso, a dica aqui é: estude sobre o mercado desejado e também entenda como está a atual dinâmica da economia nacional, além do que é preciso ser feito para não desperdiçar investimentos.

6) Ambição
Malvista pelo senso comum, a priori, a ambição pode ser interpretada como uma característica negativa. No entanto, no mundo dos negócios, o profissional que deseja ir além, pode ter a ambição como motriz na sua carreira. Respeitar os limites éticos do mundo financeiro e garantir a saúde do negócio são premissas para que sua ambição não se volte contra você mesmo. Para Lopes, a ambição também pode ajudar a alavancar sua carreira. “O que te moverá para frente será essa sensação de “fome”, essa vontade de querer arriscar e crescer ao mesmo tempo”, explica.

7) O faz-tudo
Na maioria das vezes, ao vislumbrar uma carreira de sucesso, o jovem esquece que em determinadas situações da sua trajetória será necessário fazer de tudo um pouco. Capacidade de liderar, de elaborar estratégias, de antever e tino para os negócios nem sempre serão suficientes. Um empresário de sucesso também, em muitos momentos da sua rotina de trabalho, também terá que lidar com atividades operacionais da sua empresa…e tudo bem. Afinal, não basta estar preparado para ser apenas dono, mas, um bom entendedor do negócio como um todo.

8) Aprenda a investir
O jovem profissional que deseja empreender vai precisar dominar as possibilidades de captação de recurso disponíveis para a sua empresa. Cada tipo de investimento deve ser avaliado e, posteriormente, escolhido a partir das necessidades e também da maturidade do seu negócio. Por isso, pesquisar e estudar sobre gestão de mercado é um dos grandes diferenciais do empresário de sucesso.

9) Importância da mentoria
Para o profissional que acaba de embarcar no mercado de trabalho e deseja empreender, saber escolher mentores é imprescindível. Ter experiência não se limita apenas aos desafios que você e seu negócio enfrentarão, mas também diz respeito à capacidade de consultar-se com as pessoas certas. Lopes alerta que este trabalho não deve ser destinado aos pais. “Tenha sempre um mentor. Alguém mais velho em experiente, se possível que não seja seu pai ou mãe, pois algumas coisas devem ser ditas de uma forma que talvez os pais não digam, por isso busque sempre alguém mais experiente e com vivência para te socorrer com conselhos e orientações”, aponta.

10) Soichiro Honda, um case inspirador
A crença nos sonhos, a capacidade de se reinventar e fazer dos negócios uma constante são características atribuídas a Soichiro Honda, fundador da Honda Motor Company, uma das maiores fabricantes de automóveis e motocicletas do mundo.

Aos 15 anos, Soichiro começou a trabalhar numa empresa automotriz, a Hart Shokai. Seis anos depois, já formado especialista mecânico, montou uma fábrica de pistões que faliu pouco tempo depois. Após entrar na universidade, Honda conseguiu reabrir sua empresa, no entanto, voltou a perder tudo por conta das devastações provocadas pelos bombardeios da Segunda Guerra Mundial.

Em 1948, fundou a Honda Motor Company em associação com Takeo Fujisawa com o objetivo de fabricar motocicletas, já que os bombardeios tinham devastado o parque automotivo japonês. A empresa criou o primeiro motor para bicicletas, mas por ser pesado demais, levou novamente a empresa à falência.

Mais tarde, o empresário japonês fabricou um motor mais leve, rápido e silencioso. A invenção começou a ser produzida em larga escala, primeiro nas fábricas do Japão e, consequentemente, em vários países.

A busca pelo sucesso profissional feita de maneira consistente e sábia, desde os primeiros anos da carreira, pode levar o profissional ao alcance não somente da maturidade do negócio escolhido, mas, ao mesmo tempo, vai permitir levá-lo ao amadurecimento pessoal, que se transforma a cada nova necessidade e movimento do mercado. Escolher empreender é, em qualquer circunstância, dar a si mesmo a possibilidade de crescimento. Desfrute!